Archive for the ‘Cartas’ Category

Mortalha Negra

novembro 28, 2014

O gatuno de sonhos estava retornando para casa numa noite que prometia chuva, com aquela névoa carregada precedendo a garoa, algo típico da região. Era previsto que choveria por três dias seguidos mas se quisesse, prolongaria por mais 6. Começou a pingar naquele frio em seu manto cinza enquanto o protegia, nem sentia molhar porque estava indiferente daquele mundo por fora mas se questionando por dentro até que um pingo atingiu o seu olho, sentiu arder com aquela vontade de lagrimejar mais intensa com seus sentimentos a flor da pele, quando de repente se manifestou em sua mente Angel*

– Não chore magista! Se recomponha! Você sabia que isso iria acontecer mais cedo ou mais tarde, não era uma questão de tempo era de ter dado outra chance num jogo de contradições. Espero que agora entenda o porquê sou dessa forma e que você continua a ignorar os meus passos. Nem sei como minha mensagem conseguiu chegar até você nem estou aqui para falar sobre destino apenas te lembrar de sua autonegação: não dependa dos sentimentos dos outros, não se abale por quererem te modificar por causa do desagrado que causa neles. Se recorda de como eu era odiado pelos outros? Então, essa é a plenitude de ser o que é… Percebe o quão difícil é essa trajetória sem volta? Você sabe o que fazer… E não me procure!

A visão do rosto de Angel desapareceu com a escuridão da estrada. A tensão dos ombros que duravam meses desapareceram com uma paz que inundou sua mente para preencher aquele vazio deixado pelo monólogo mental. Dormiu confortavelmente, como se uma guerra tivesse acabado.

* Ex-colega de estudos filosóficos, fez parte da elaboração de uma hipótese de “mudança de personalidade”, entusiasta que sabia que não usávamos apenas 10% do cérebro. Sugeriu a criação do “Manifesto Anti-Social” mas nunca foi concretizado. Angel como era chamado com esse apelido carinhoso, digamos assim, para aquilo que fazia…

Anúncios

A ironia de Sêneca

maio 2, 2014

Se estivesse vivido na época de René Descartes, e ouvido a frase: “penso, logo existo”, Lucio Anneo Sêneca, teria feito mais uma sátira romana depois de Apocolocyntosis divi Claudii. Seria baseada nas suas epístolas (cartas) sobre a brevidade da vida (que virou livro), e continuaria a citação do outro filósofo criticando-a no mesmo formato porém poeticamente.

Num bar alguém finaliza: Penso, logo existo!* Acompanhei a frase e com meu raciocínio, simplista conclusão e rebato: Faço, logo vivo! Inconformado, Descartes reclama: Não faço, logo penso. Reflito: Não penso, logo o ócio. Durante a réplica com a atenção do público, digo: No ócio, logo o desperdício! Como não houve o protesto, termino: No desperdício, logo não vivo!

 *A citação é uma conclusão após duvidar da sua própria existência, mas comprovada ao ver que pode pensar e, desta forma, conquanto sujeito, ou seja, conquanto ser pensante, existe indubitavelmente.

Mostro essa hipótese porque Sêneca tinha um pensamento mais profundo sobre a existência, que era muito mais que prová-la mas de como vive-la. Eu poderia resumir assim; que vivemos essa vida mas pouco tempo só para nós, disponibilizamos mais para os estudos, trabalhos e muitos vícios e inutilidades que se somássemos esses desperdício, segundo Sêneca, teríamos poucos anos de vida.

Um aviso que ressalto aqui é do Rodrigo Petrônio (professor, formado em Letras Clássicas e Vernáculas pela USP) que: “muitos diluem o sentido mais profundo de sua obra”. Por isso ao ler tenha precaução, poderia citar várias frases de Sêneca mas por esse mídia segmentada, iria cortar muito o valor das frases dele nas cartas e estragar a imagem da obra.

Email: Criaturas encontradas à beira-mar depois do Tsunami no Japão é FALSO

julho 18, 2011

Senhores proprietários de blogs

Temos que ter cuidado com e-mails com conteúdos inverídicos notadamente sobre o assunto Tsunami quando foram mostrados varias criaturas “trazidas a tona”. Esse fato jamais poderia ocorrer já que os maremotos não fazem esses fenômenos. Se fosse assim, o tsunami de 2004 na Indonésia teria tido o mesmo resultado o que não o ocorreu. Também algumas imagens eu mesmo tenho em meu blog, confirmando a falsidade dessas informações:

https://dyakuzy.wordpress.com/2009/09/19/os-bizarros-que-nao-sao-ets/

Portanto esse e-mail é falso.

Atenciosamente

Giuliano Denardi Botteon

CARTA DE SATANAS!

janeiro 13, 2010

Ontem eu te vi quando começava o seu dia. Acordou e nem sequer orou ao seu Deus. Ou melhor, durante todo o dia você não orou, e nem lembrou de abençoar sua comida. Você é muito ingrato para com o seu Deus, e isso em você me agrada muito. Eu também gosto da enorme fraqueza que sempre demonstra no que diz respeito ao seu crescimento espiritual, em ser um cristão.
Raramente lê a Bíblia e quando faz está cansado. Não medita no que lê, ora quase nada, além disso, muitas vezes diz palavras que não analisa. Por qualquer pretexto chega tarde ou falta ao seu culto de ensino. E o que falar de suas murmurações? Temos assistido muitos filmes juntos, sem falar nas vezes que fomos juntos ao teatro. Lembra daquele dia da tua fraqueza com aquela linda pessoa? Oh como foi bom!
Mas o mais me agrada é que você não se arrepende. E que sabe que é jovem e tem que aproveitar a vida, pensa só na carne e acredita que precisa ser salvo para a eternidade. Não há duvida você é um dos meus.
Amo as piadas vergonhosas que você conta e que também escuta. Você ri delas, eu também rio de ver um filho de Deus participando disto. O fato é que nos sentimos bem. A musica vulgar e de duplo sentido que você escuta me agrada demais. Como você sabe quais são os grupos que eu gosto de escutar? Também adoro quando murmura e se revolta contra o seu Deus.
Sinto-me feliz quando vejo você dançando e fazendo estes movimentos sensuais, eles me fascinam. Como isso me agrada!!! Você quer se encontrar comigo qualquer dia destes???
Certamente quando você está se divertindo saudavelmente, fico triste, mas sem problema, sempre haverá outra oportunidade. Tem vezes que me faz coisas incríveis, quando da mal exemplo as crianças ou quando os autoriza para perderem a sua inocência através da televisão, musicas ou coisas do gênero. Eles são tão espertos que imitam facilmente tudo o que vêem. Muito obrigado.
O que mais me agrada é que poucas vezes tenho que te tentar, quase sempre cai por conta própria. Você busca os melhores momentos, se expõe as situações perigosas, me dando lugar!
Se tivesse cabeça mudaria de ambiente e de companhias; buscaria a palavra de Deus e entregaria realmente a tua vida aquele que você chama de Deus e, ainda mais, viveria o resto de seus anos sob a orientação do Espírito Santo.
Não tenho costume de enviar este tipo de mensagem, mas você é tão acomodado espiritualmente que não acredito que vá mudar nada. 
Não me entenda mal, eu te odeio e não te dou a mínima. Se eu te busco é porque você me satisfaz com as tuas atitudes e faz cair em ridículo a Jesus Cristo. 
AssinadoTeu inimigo que te odeia: Satanás
ou como queira me chamar
 
P.S. Se realmente me amas,
não mostre à ninguém mais esta carta.

Carta: Redes Televisivas

dezembro 14, 2009

Essa carta foi entregue à Globo e Record no dia 12 de setembro, parece que surtil efeito…Mas não tenho certeza.

 MUITA ATENÇÃO

  Sei que é ruim a má concorrência e como funciona a mídia. Acredito que essa ‘’guerra’’ entres vocês de nada adiantará. Cada um teve a vida que quis, a vida é feita de opções, mas, nem sempre a correta. Errar é humano, não tenho vergonha de corrigir os meus erros porque não tenho vergonha de aprender.

    Fico decepcionado que nessa guerra ocorre com dois pesos e duas medidas assim dela nunca terá um fim, esse caminho sempre será um círculo vicioso, um repetindo o que no passado fez de diferentes categorias (administrativas, religiosas e políticas).

    Acho melhor usar o passado como exemplo e sempre o melhor, que no passado errou e nunca prejudicar os outros.

    Estamos evoluindo e não o contrario! ” O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética.  O que mais preocupa é o silêncio dos bons.”(Luter King).Dessa vez não ficarei calado e estou aqui escrevendo, muito não escreveriam por ter receio de que aconteceria depois…

    Estou no lado da verdade, então acabem com essa guerra fútil porque de certa forma parece uma vingança mas não só entre vocês e da população brasileira inteira que está envolvida.

    Então vou repetir regras que nunca serão quebradas de novo:

1. A ética, como princípio  básico.
2. A integridade.
3. A responsabilidade.                                                                                                                                                                                                 4. O respeito às leis e  regulamentos.
5. O respeito pelo direito dos demais  cidadãos.
6. O amor ao trabalho.                                                                                                                                                                                                 7. O esforço pela poupança e pelo  investimento.
8. O desejo de superação.
9. A pontualidade.

  Espero que nunca mais isso aconteça, eu confiarei mais uma vez em vocês que cumprem o que o certo sempre prevaleça sem hipocrisia.

 Atenciosamente

GDB_Dyakuzy