Archive for abril \26\UTC 2014

E eu era o único a meditar…

abril 26, 2014

Meditação simples, em que se senta de forma confortável, e o tempo era baseado na respiração. Era outro tempo, no qual não tínhamos muitas preocupações com o futuro ou com problemas no presente, que agora é um sentimento nostálgico que preciso saciar.

A mente não criava truques que me tirassem de concentração, esquecia o mundo que acontecia ao meu redor, sumiam os cinco sentidos, meus pensamentos se extinguiam e o meu ser desaparecia num infinito além. Apesar desse rompimento material, não tinha medo mas a sensação que acredito que seja de liberdade.

Apesar de sentir desfrutar por poucos momentos, parecendo que foram minutos na verdade no tempo que medimos sempre passam mais, até mesmo horas, e talvez o corpo nos desconte em dor.

Depois de alguns anos perdi esse hábito, perdi minha ocultas conexões, as responsabilidades cresceram, os lazeres diminuíram em razão das novas atividades mas em mim reside a felicidade mas infelizmente também um pouco de ansiedade, stress e depressão, que são fardos que eu carrego e a sociedade me induziu a isso, por causa de suas formas de agir que parecem nos contaminar, sujando a mente e o mundo…
Que se resume mais ou menos desta forma:

“Se você está deprimido,
Você está vivendo no passado;
Se você está ansioso,
Você está vivendo no futuro;
Se você está em paz
Você está vivendo no momento presente.”
Lao Tzu

Mas estou tentando retomar essa prática, porém, não com a mesma facilidade como antigamente. Se manter sem se mexer na mesma posição parece enfadonho, qualquer barulho que for, consegue tirar o meu foco assim como qualquer pensamento (até o pensamento de parar de pensar). Agora a mente trabalha contra mim; por exemplo: antes eu focalizava que flutuava no espaço negro com estrelas mas agora nem chego perto, no máximo apareço num labirinto numa penumbra sem saída.

Depois de mais práticas, o corpo vai aceitando esse processo mas a mente ainda continua com suas armadilhas, que envolvem (não necessariamente nesta ordem): preguiça, ansiedade, desejos, medos, etc.

Mas vou continuando esse caminho, nem muito depressa, nem muito devagar: no meio…

Anúncios

Justin Bieber e o Pós-bullying

abril 26, 2014
Diferenças de estilos, antes e depois...

Diferenças de estilos (de cabelo e de vida) , antes e depois…

Antigamente, aquele cantor mirim com voz aguda e cabelo no estilo tigela, sempre com sorriso no rosto e simpático. Ridicularizado, chamado de babaca, o famoso “biba”, “voz de menina/criança”, “virgem” etc… Sobrou até para a Selena Gomes…Mas ela não foi recebida com uma garrafa de água na testa num show…

Naquela época se me contassem que no futuro bem próximo ele: mudasse de penteado, picharia um muro, fosse expulso de um hotel de luxo, dormiria com prostitutas, usaria drogas, faria racha e fosse preso (mesmo que por pouco tempo), iria rir e nem acreditar que tudo isso aconteceria em um período curto de 2 anos, dentre outros problemas…

Será que sou o único com uma teoria maluca que responde essa questão? Não sou psicólogo, psiquiatra ou psicanalista mas apenas acho que Bieber depositou toda sua frustração desse bullying na própria vida, fazendo de tudo para não corresponder o que os haters falavam antes, parecendo até outra pessoa. Agora sim ele fechou, sendo um grande babaca.

A arte de Notas de Esclarecimentos

abril 26, 2014

São 2 exemplos, do mesmo lugar, de como escrever e esclarecer. Não tenho ligações com SEP ou ser torcedor do Palmeiras, tanto que independente de seu time, quem se lê, vai entender que as situações foram muito bem apresentadas, dispensando correções e acrescentando aplausos.

Sobre o Neto

“Em razão dos comentários feitos pelo ex-atleta José Ferreira Neto no programa “Donos da Bola”, exibido hoje na TV Bandeirantes, a diretoria da Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público fazer os seguintes esclarecimentos:

1. Como forma de proteger a SEP e sua enorme torcida de constrangimentos e informações inverídicas recorrentemente divulgadas pelo apresentador acima citado, a diretoria do clube recomendou expressamente aos seus atletas, funcionários e profissionais que não mais participem de seu programa;
2. Não é de hoje que o Palmeiras é vítima de ataques gratuitos, sensacionalistas, irresponsáveis e deselegantes do ex-atleta.
3. Por inúmeras vezes, a diretoria de comunicação da SEP desmentiu, de forma peremptória, informações falsas divulgadas pelo apresentador, factóides que só serviram para tentar tumultuar o ambiente de tranquilidade vivido no clube desde o início desta gestão;
4. Em uma de suas “barrigas jornalísticas”, o ex-atleta anunciou com pompas a “contratação” do treinador Vanderlei Luxemburgo durante a fase final da Série B. Confrontado pela assessoria do clube, disse que só aceitaria o desmentido se o presidente Paulo Nobre fosse ao “Donos da Bola”, o que obviamente não aconteceu porque a SEP não admite ser tratada como trampolim para que um anedótico programa de TV obtenha audiência a qualquer custo;
5. Já sabemos por antecipação que esta nota de esclarecimento será rebatida pelo ex-meia com a mesma verborragia e falta de educação de sempre, mas não nos intimidaremos porque nossa única obrigação é defender as cores do Palmeiras;
6. A SEP sempre tratou com profissionalismo e deferência todos os veículos de comunicação que fazem bom jornalismo, independentemente de criticarem ou elogiarem esta diretoria, e nada nos fará mudar esta posição;
7.Por fim, o Palmeiras recomenda aos palestrinos de verdade que façam seu julgamento sobre quais veículos ou programas tratam o clube com o respeito que os 16 milhões de apaixonados merecem.”

http://www.palmeiras.com.br/noticias/2014/02/05/17h45-id11151-nota+de+esclarecimento.shtml#.UyUS9D9dVeE

Sobre a UOL

Na matéria “Palmeiras fecha operação Barcos com ‘prejuízo’ de R$ 9 milhões”, o veículo comete aquilo que no jargão jornalístico denomina-se “barriga”. E pior: mesmo depois de ter sido avisado pela assessoria de comunicação de que os dados que possuíam não correspondiam com a verdade.
O UOL erra feio ao dizer que o clube “pagou cerca de R$ 16 milhões” pelo atacante. A quantia desembolsada foi de aproximadamente R$ 8 milhões.
Além desse erro, a SEP desconhece as reais intenções do veículo quando são omitidos outros fatores que deveriam ser levados em conta:

1) valor referente aos empréstimos por um ano dos jogadores que vieram do Grêmio
2) a economia de R$ 5 milhões feita pelo clube na diferença entre o custo com salários do Barcos contra o dos quatro atletas em 2013 e somente o do Leandro em 2014
3) os benefícios esportivos que Leandro representou para o clube em 2013
4) as possibilidades de valorização de um jogador de apenas 20 anos

O veículo covardemente não reproduziu na íntegra a resposta enviada pelo clube, omitindo dos torcedores do Palmeiras nossa posição, que foi: “”Os números apresentados pelo UOL, como sistematicamente acontece quando o assunto é Palmeiras, são puro chute. O clube desmente veementemente os valores apresentados pelo repórter”.

Todo profissional está sujeito a erros. Mas insistir neles, mesmo depois de avisado, dá margem para a interpretação do uso de má-fé.
Torcedor palmeirense, o ano muda mas, infelizmente, continuamos obrigados a despender tempo para corrigir os equívocos provocados por essa forma de fazer jornalismo. Fique atento ao ler notícias do Palmeiras no UOL.

http://www.palmeiras.com.br/noticias/2014/01/10/15h20-id10994-nota+de+esclarecimento.shtml#.UyUTSz9dVeE