“Tear down this wall” (1987)

Chegando em Berlim a 12 de junho de 1987, o presidente e a primeira-dama Reagan estiveram no Reichstag, de onde avistaram o muro de uma sacada. Reagan então fez seu discurso ao portão de Brandemburgo às 14:00, em frente a dois painéis de vidro a prova de balas que o protegiam de franco-atiradores da Berlim Oriental. Cerca de 45 000 pessoas assistiam; dentre os espectadores estava o presidente da Alemanha Ocidental, Richard von Weizsäcker, o chanceler Helmut Kohl e o prefeito da Berlim Ocidental, Eberhard Diepgen. Naquela tarde, Ronald Reagan disse:

“Damos as boas-vindas à mudança e à abertura, pois acreditamos que a liberdade e segurança caminham juntos, que o progresso da liberdade humana só pode reforçar a causa da paz no mundo. Há um sinal de que os soviéticos podem fazer que seria inconfundível, que faria avançar dramaticamente a causa da liberdade e da paz. Secretário Geral Gorbachev, se você procura a paz, se você procura prosperidade para a União Soviética e a Europa Oriental, se você procurar a liberalização, venha aqui para este portão. Sr. Gorbachev, abra o portão. Sr. Gorbachev, derrube esse muro!”

 

Anúncios

Tags: , , ,

4 Respostas to ““Tear down this wall” (1987)”

  1. Matheus Says:

    A liberdade e a segurança devem caminhar juntos através de um contexto e este contexto pode ser aplicado a qualquer política ou doutrina mundial,basta você saber usa-lá de acordo com a sociedade.Como diz Wiston Churchill Para haver paz temos que fazer a paz.
    Um país que é oprimido, maltratado, que não possui liberdade de expressão pelo seu governo, é um país negro,sem desenvolvimento,um país parado e fechado para novas formas de pensar.Se Gorbatchev quisesse fazer com que seu país tivesse desenvolvimento a respeito de liberdade e segurança, a URSS poderia estar muito mais além em questões sociais.Pois como diz Russeau em O Contrato Social que o homem nasceu com livre arbítrio e isto interfere em todas as questões de desenvolvimento humano envolvendo todas as aéreas até mesmo a política.
    foi um ato muito humilhante para o russos quando souberam que estavam caindo perante os Estados Unidos e todas as outras nações capitalistas,pois não souberam utilizar o socialismo como disse Karl Marx,pois se quisessem ultrapassar os limites não necessariamente poderiam ficar investindo em armas de guerra e deixar o povo passando necessidades.Pois um dos principais focos que ocorreu com a queda da URSS foi sua enorme preocupação em esmagar os EUA e o pouco investimento em bem socias

    • dyakuzy Says:

      Olá Mat, obrigado pelo comentário ^^

      Então, a parte da URSS que teve vários pontos em conflito como por exemplo: na queda do Czar onde pessoas começaram a roubar os pertences reais até que Lênin disse: Camaradas, tudo é do povo!
      O Estado era Policial como lhe havia dito portanto há vários tipos de policias a exemplo da KGB. De certo, era um sistema totalitário desde a reforma pós Lênin instituída por Stalin retirando o poder dos soviets e se concentrando nos altos escalões do partido. Assim criando uma ditadura (o que Lênin não imaginava porém uma necessidade por Marx). Se Gorbatchev quisesse fazer um pais com maior liberdade ele teria que abdicar seus poderes, não concorda? Então, estaria pondo fim à concentração partidária e se fizesse a escolha certa, voltaria ao esquema Leninista. Nada mais posso acrescentar além do fim que terá um novo começo…

  2. Matheus Says:

    É como eu digo Lênin foi o cara,mostrou que o mundo pode viver sob um novo padrão econômico e sob uma nova ordem mundial que veio a infligir na econômia capitalista.Lênin criou um bloco extenso e muito poderoso que ameaçou o Ocidente por um longo tempo e mostrou novas chances de viver.
    Admiro Stálin, apenas por ter barrado e esmagado a Blietzkrieg e por ter criado uma máquina de guerra poderosa que oferecesse segurança, proteção e por ter mostrado que o Exército Vermelho era poderoso e esmagador e por ter mostrado para o Ocidente que os soviéticos estariam preparados para o que der e vier.Em questões socieconômicas e políticas ele criou opressão e inverteu todos os planos de Lênin a respeito das melhorias do comunismo criando um grande claustro na URSS…
    Se Lênin não tivesse morrido cedo o processo de desenvolvimento soviético teria ido mais além e se Trótsky o sucedesse ainda teríamos a antiga União Das Repúblicas Socialistas Soviéticas

  3. dyakuzy Says:

    Na verdade nem foi Stalin a barrar este ataque que foi chamado de Operação Barbarossa que rompeu o pacto de não-agressão Ribbentrop-Molotov foi o general(promovido a Marechal) Gueorgui Jukov e isto foi possível graças ao trabalho de espionagem que constatou que os japoneses não atacariam a Russia assim sendo boa parte do exercito siberiano foi transferido para se defender contra os alemães(créditos à Hitler). O problema que envolve a sucessão foi que Stalin queria um Estado forte( a revolução interna permanente) e Trótsky queria justamento o contrario a revolução mundial permanente ou seja, tornaria o Estado russo fraco, e consequentemente o exercito estaria distribuído pelo mundo trazendo uma desvantagem a longo prazo: de perder a Russia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: